domingo, janeiro 09, 2011

O Passeio dos Passeios

Oi minha gente! Hoje eu, fui pela primeira vez no Corcovado (nome do morro onde fica o Cristo Redentor).
Existe pessoa mais patriota do que eu?(provavelmente não). Pô uma brasileira que nunca foi no Corcovado! (Tah, exceto os bebês recem nascidos). Mas tudo bem. Fui também no Bondinho (Pão de Açúcar), que estava LOTADO. Aff, vocês não sabem da maior! Minha irmã ficou chorando porque no início, ela estava com medo, e todas as pessoas queriam saber o motivo da choradeira toda! QUE MICO HEIM!
Bem, agora vamos saber um pouco sobre esses dois pontos turísticos SUPER conhecidos.

Corcovado (nome do morro onde fica o Cristo Redentor{tah, acho que vocês já entenderam...}) :

O Cristo Redentor, localizado no topo do morro do Corcovado, a 709 metros a cima do mar. De seus 38 metros, 8 estão no pedestal foi inaugurado as 19h 15 min no dia 12 de outubro de 1931, depois de cinco anos de obras. Um símbolo do cristianismo, o monumento tornou-se um dos ícones mais reconhecidos internacionalmente do Rio de do Brasil.
A construção de um monumento religioso no local foi sugerida pela primeira vez em 1859, pelo padre lazarista Pedro Maria Boss à Princesa Isabel.


Bondinho (Morro do Pão de Açúcar):

O Bondinho do Pão de Açúcar é um teleférico localizado no Rio de Janeiro, no Pão de Açúcar, sendo uma das atrações turísticas da capital fluminense, inaugurado em 1912, e desde então, já transportou cerca de 37 milhões de pessoas, mantendo uma média atual de 2.500 por dia.

A vista da Baía da Guanabara, considerada uma das paisagens mais belas do mundo, era o atrativo que levava curiosos e alpinistas a escalar o Pão de Açúcar, já em fins do século XIX. O desenvolvimento das técnicas de engenharia levaram, já em 1908, ao engenheiro Augusto Ferreira Ramos a idealizar um sistema teleférico que facilitasse o acesso a cume do monte.
Quando o bondinho foi construído, só existiam dois no mundo: o teleférico de Monte Ulia, na Espanha, com uma extensão de 280 metros e que foi construído em 1907; e o teleférico de Wetterhorn, na Suíça, com um extensão de 560 metros, construído em 1908.
O bondinho funciona ao longo de duas rotas, uma ligando a base do morro da Babilônia ao morro da Urca e outra ligando o morro da Urca ao pico do Pão de Açúcar.
A primeira linha (estação inicial - morro da Urca) possui extensão de 600 metros e a velocidade máxima durante a viagem é de 6 metros por segundo (21,6 km/h). A segunda linha (morro da Urca - Pão de Açúcar) possui extensão de 850 metros e a velocidade máxima durante a viagem é de 10 metros por segundo (36 km/h).

A capacidade atual é de 65 passageiros por viagem. Como o trajeto de cada linha é realizado em aproximadamente 3 minutos, a capacidade do teleférico é de 1170 passageiros por hora.



Agora que nós conhecemos bem esses pontos turísticos super famosos do nosso querido Rio de Janeiro (<3), vou me despedir!
Beijos: Leticia 

2 comentários:

Luiz Felipe disse...

ah ... cade as fotos do passeio ???

Lety_Moraes disse...

Quando eu fiz esse post eu ainda não tinha as fotos no pc

Postar um comentário

Comente! Adorarei ler seu comentário!
Lembre-se:
-Não fale palavrão nos comentários
-Deixe o link do seu blog abaixo da sua mensagem para que eu possa responde-lo(a)